UFPE

 
 

Header

 

O Núcleo de Telessaúde (NUTES) do Hospital das Clínicas da UFPE já emitiu 10.446 laudos de eletrocardiograma (ECG)gratuito em municípios de Pernambuco que utilizam  o serviço de telediagnóstico pela Internet da Rede de Núcleos de Telessaúde de Pernambuco - RedeNUTES.

 

Desde 2003, a RedeNUTES tem ofertado gratuitamente serviços de telessaúde pela Internet, sendo a comunidade pernambucana a mais beneficiada neste período. Em 2016, tivemos um marco histórico em nossa trajetória, afirma a fundadora e atual coordenadora do núcleoMagdala Novaes“atingimos 37 municípios com o Telediagnóstico do Eletrocardiograma e mais de 6 mil laudos para pacientes que estavam na fila de espera de atendimento".

 

O exame é realizado pela equipe de campo da RedeNUTES e laudado por especialistas dos núcleos de telessaúde do Hospital das Clinicas-UFPE e do PROCAPE-UPE. Os exames foram realizados durante mutirões nos municípios, ou em unidades de saúde que dispõem do equipamento de ECG digital.

 

Em 2016, o serviço de telediagnóstico do ECG realizou 6.124 laudos, e destes 2.380 (38,86%) apresentaram alguma alteração, ou seja, os pacientes tiveram um diagnóstico de alterações cardíacas em menor tempo, possibilitando que buscassem atendimento especializado, diminuindo, por exemplo, o risco de mortes por acidentes vasculares.

 

Adicionalmente, foram diagnosticados 635 (10,37 %) casos de sobrecarga das câmaras cardíacas, 489 (7,98 %) casos de arritmias cardíacas e 125 (2,04%) diagnósticos de cardiopatias.

 

O serviço evita deslocamento de pacientes para unidades e hospitais de alta complexidade para a realização do exame, o qual possui demanda elevada, visto a importância do mesmo na análise da saúde do coração. Além disso, disponibiliza mais rapidamente os resultados, os laudos são emitidos em até 72 horas. O médico solicitante recebe este laudo pela Plataforma de Telessaúde do NUTES na Internet.  A emissão de laudos a distância (telediagnóstico) faz parte da estratégia da inserção de práticas de telemedicina que auxiliam nas ações de promoção de saúde e na redução de filas de espera por exames no Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Para 2017pretendemos ampliar a oferta do telediagnóstico de ECG, emitir laudos a distância para outrosexames com o Raio-X, e ampliar a oferta de atividades educacionais para os profissionais de saúde dos municípios gratuitamente. Magdala afirma que “A telessaúde permite ampliar o acesso da população a exames complementares, evita deslocamentos desnecessários dos pacientes em busca de atendimento especializado, e consequentemente diminui custos para todos".

 

Os gestores que desejarem fazer a adesão ao serviço de Telediagnóstico devem procurar a equipe RedeNUTES. O serviço conta com financiamento do Ministério da Saúde, e como contrapartida, os municípios devem prover a infraestrutura para as visitas dos mutirões ou a instalação do ponto de telediagnóstico com equipamento digital para realização do exame e conexão à Internet.

 

A telessaúde tem salvado vidas, ampliar o atendimento a população em 2017 é uma das prioridades da RedeNUTES.

 

Se você tem interesse ou dúvidas sobre o NUTES acesse nosso portal www.redenutes.ufpe.br ou entre em contato pelo telefone 81 2126.3903.